Alterações nas operações relacionadas ao COVID-19

Caros Clientes,

A pandemia de COVID-19 continua afetando comunidades em 213 países em todo o mundo. No entanto, ela se desenvolve de forma diferente em cada país.

Atualização a partir de 01.09.20

Mais auditorias de produtores podem ser conduzidas através de auditorias remotas e nelas começamos a coletar dados CODImpact.

À medida em que a situação melhora lentamente em alguns países, retomaremos as auditorias presenciais sempre que for possível. Garantir a saúde, a segurança e operações tranquilas para milhões de agricultores, produtores e comerciantes que continuam trabalhando ao longo da pandemia, segue sendo a principal prioridade da FLOCERT. Portanto, consideraremos cuidadosamente os lugares onde poderemos estar retornando com as auditorias no local, desde que sem apresentar riscos à saúde de nossos clientes e suas comunidades, bem como de nossos auditores e funcionários. Nossa decisão se dará baseada na situação e regulamentos de cada local,  assim como nas rotas de viagem exigidas à nossos auditores. O principal requisito será o de não haver restrições de viagem na região onde se localizam nossos auditados e auditores. Para avaliar as restrições, ouviremos os comentários e feedbacks dos clientes. Se não houverem motivos válidos para a não condução da auditoria, aplicaremos a abordagem habitual de auditoria.

A condução de auditorias remotas, iniciada em 23 de março, continuam

Nos locais onde ainda não for possível realizar auditorias presenciais, continuaremos com a metodologia de auditoria remota até novo aviso. Continuaremos a mantê-los informados e  atualizados sobre qualquer evolução no aspecto geral e nossos analistas farão contato individualmente para as futuras auditorias.

  • Para os comerciantes, isso significa: Qualquer auditoria pode ser convertida em uma auditoria remota. Nossos analistas de certificação informarão aos comerciantes se suas próximas auditorias serão conduzidas remotamente ou no local.
  • Para os produtores, isso significa: sempre que possível, a FLOCERT oferecerá auditorias remotas com um escopo limitado, conforme aprovado pela Fairtrade International. Isso, em geral, também se aplica a auditorias iniciais, de readmissão e de renovação. No entanto, certos pré-requisitos precisam ser atendidos para qualificar-se para uma auditoria remota inicial ou de readmissão. Adiaremos as auditorias quando a auditoria remota não for uma opção. Nossos analistas de certificação informarão às organizações de produtores se as suas próximas auditorias serão adiadas ou realizadas remotamente.

Como de costume, responderemos a quaisquer outras dúvidas e questões que possam ter.

Cordialmente,

Sugumar Raman

FLOCERT Director de Operações

 

Tutorial para auditorias à distância para comerciantes do Comércio Justo

Clique no botão CC (ao lado da engrenagem) para ver as legendas em português

 

Mensagem original de 06.04.2020

A partir de 23 de Março de 2020, todas as auditorias físicas serão alteradas conforme os seguintes grupos de clientes:

  • Comerciantes certificados: Todas as auditorias físicas programadas até 30 de junho de 2020 serão convertidas em auditorias remotas
  • Produtores certificados: Todas as auditorias físicas programadas até 22 de abril de 2020 serão adiadas.
  • Comerciantes requerentes: A metodologia atual para fornecer a “Permissão para Comercialização (PPC)” continuará.
  • Produtores Requerentes: Como as auditorias físicas são adiadas e elas são um pré-requisito para qualquer Certificação Inicial do Produtor, toda a Certificação Inicial do Produtor está adiada.

Agradecemos a sua compreensão. Ficamos à sua disposição para quaisquer esclarecimentos.